Arquivo da categoria ‘Próstata’

Novembro Azul

06/11/17

Em 1999, um grupo de amigos, num pub, na Austrália, teve a ideia de deixar o bigode crescer durante todo o mês de Novembro, com a finalidade de arrecadar fundos para instituições de caridade e de levar os homens a se conscientizarem sobre os problemas de saúde masculinos, notadamente câncer de próstata e depressão. Cunharam o termo Movember (moustache (bigode) + November (novembro), em inglês). Em muitos lugares do mundo, ainda hoje, deixar barba e bigode crescerem durante o mês de Novembro, para chamar a atenção para o movimento, marcam o movimento original.
Em 2003, também na Austrália, aproveitando os dias 17 de Novembro (Dia Internacional de Combate ao Câncer de Próstata) e 19 de Novembro (Dia Internacional do Homem), criaram o Novembro Azul, que hoje é uma campanha mundial. Em 2004, na Austrália, foi criada uma fundação com o objetivo de promover a caridade patrocinada pelos homens australianos – Movember Foundation Charity.
O câncer de próstata tem sido o foco da campanha no Brasil, talvez porque a campanha tenha sido adotada pela Sociedade Brasileira de Urologia, o que é um erro. Enquanto o câncer de próstata mata 12 mil homens por ano, morrem cerca de 60 mil por homicídio e cerca de 40 mil por acidentes de trânsito. Muitos desses assassinatos e dessas mortes no trânsito estão vinculadas ao consumo excessivo de álcool e de outras drogas. Morrem, ainda, cerca de 50 mil homens por acidente vascular cerebral e um número ainda maior por infarto do miocárdio todos os anos.
Novembro Azul é a oportunidade de se falar sobre a saúde do homem brasileiro, que não vai bem, segundo dados oficiais. Além do câncer de próstata, temos que abordar depressão, suicídio, alcoolismo, tabagismo, abuso de drogas ilícitas, obesidade, sedentarismo, violência, desemprego, homossexualidade/homofobia, demência, osteoporose, disfunção sexual, etc. O homem está longe de ser só uma próstata e merece ser abordado, notadamente pela mídia, de acordo com sua enorme complexidade.
Visite www.momentosaude.com.br
Visite www.minhashistorinhas.art.br

O que é acompanhamento vigiado de câncer de próstata?

08/05/17

O câncer de próstata é um dos cânceres mais prevalentes do homem. Surgem cerca de 200 mil novos casos por ano nos Estados Unidos e cerca de 60 mil no Brasil. No resto do mundo não é diferente, exceto naqueles países muito pobres e atrasados, em que a expectativa de vida é baixa e o homem morre ainda jovem.

O câncer de próstata inicial ou localizado na próstata, tem uma grande chance de ser curado por meio de radioterapia ou cirurgia. Todavia, há uma terceira via, o acompanhamento vigiado, que vem ganhando terreno e tem sido objeto de estudos de grande envergadura.

O acompanhamento vigiado é o seguimento do paciente com câncer de próstata SEM qualquer tratamento. O paciente se submete a exames periódicos, mas só será tratado se o câncer crescer muito depressa ou se o paciente desejar o tratamento. O acompanhamento vigiado é uma invenção de médicos suecos, há algumas décadas. Eles provaram que a grande maioria dos tumores localizados de próstata evolui muito lentamente. Os pacientes não tratados acabariam por morrer de outras causas, que não o câncer de próstata. Essa modalidade de abordagem não foi aceita nos Estados Unidos inicialmente, mas isso vem mudando.

Dois trabalhos científicos de grande envergadura, um nos Estados Unidos, chamado CaPSURE, e outro na no Reino Unido, chamado ProtecT, ambos iniciados nos anos 90, concluíram que o acompanhamento vigiado tem resultados excelentes quando se considera um período de dez anos. A chance de um homem com câncer localizado de próstata morrer depois de dez anos é cerca de 1%. Muito pouco para que ele seja submetido a qualquer tratamento curativo no início da doença.

O acompanhamento vigiado do câncer de próstata inicial, localizado, não é para todos os casos, mas deve ser considerado na maioria dos pacientes com câncer de próstata localizado acima dos 65 anos de idade.

Urina presa

30/08/11

Seu Manoel é um homem muito forte e cheio de orgulho de sua saúde. Ele tem 65 anos e nunca foi a um médico, a não ser uma vez quando quebrou a perna jogando bola. Ele pratica vários esportes, come de tudo, tem uma energia enorme e não toma remédios.
Seu Manoel se deita todos os dias às onze da noite e acorda às sete da manhã.É uma rotina que ele mantém há décadas. Mas ele não dorme um sono só. Dorme picadinho. Ele se levanta de hora em hora para urinar e se vangloria disso dizendo aos amigos que “urina muito bem”. Muita gente pensa como ele, que urinar bem significa urinar muitas vezes.
Na verdade, seu Manoel não sabe, ele urina muito mal, porque urinar muitas vezes durante a noite é sintoma de doença na próstata. O que ele acha bom o médico acha que não é bom. Provavelmente seu Manoel um dia desses vai ficar com a “urina presa”, isto é, sua bexiga vai ficar cheia demais, e ele vai acabar parando num Pronto Socorro para que o médico passe uma sonda em sua bexiga.
Seu Manoel não sabe, mas depois dos 50 anos o crescimento da próstata acontece em quase todos os homens e começa a dificultar o esvaziamento da bexiga. Foi o que aconteceu com ele. No início ele se levantava só uma vez durante a noite para urinar. Depois, duas, três, quatro e agora de hora em hora. Isto porque sua bexiga não se esvazia direito e sobra muita urina lá dentro depois que ele urina.
Se seu Manoel soubesse disso (talvez ele até saiba, mas não aceite) ele iria ao urologista para se tratar e com certeza melhoraria muito, talvez com remédios, talvez com cirurgia.
Um dia ele vai descobrir isto tudo e vai se tratar. Seu Manoel vai ficar bom. Enquanto isto ele vai se levantar de hora em hora à noite e vai continuar contando vantagens aos amigos.
Não faça como seu Manoel. Procure um médico quando você chegar aos 45 anos para se tratar antes que você fique como ele.

Visite meu site www.momentosaude.com.br

Sua próstata está ficando velha

25/08/11

Só de ouvir a palavra próstata muitos homens ficam aterrorizados. Associam o misterioso nome próstata a doenças humilhantes e à morte. Pura fantasia porque a próstata é um órgão normal presente em todos os homens. A próstata é uma glândula sexual e faz parte do aparelho reprodutor masculino. A próstata também está presente em quase todos os animais mamíferos. Sem a próstata não haveria a reprodução nem dos animais nem dos seres humanos.
O que assusta alguns homens na verdade são as doenças da próstata, que erroneamente eles interpretam como sinônimo de envelhecimento, morte, incontinência urinária, invalidez e impotência sexual.
Grande parte dos homens apresenta um crescimento benigno da próstata depois dos 45 ou 50 anos de idade. Poucos felizardos não o apresentam. O crescimento é progressivo e guarda um paralelo com outros sinais do envelhecimento, como cabelos brancos, osteoporose, catarata e rugas. São estes os sintomas do crescimento da próstata: Jato urinário fraco, dor para urinar, perda de urina nas calças, sem querer, dificuldade para urinar fora de casa, ou ainda noctúria, que é a necessidade de levantar várias vezes à noite para fazer xixi.
Estes sinais e sintomas devem-se ao envelhecimento natural da próstata e podem surgir ou não a partir desta idade. Muitos homens mesmo idosos não apresentam qualquer manifestação do crescimento da próstata.
Quando a próstata causa obstrução à saída da urina, o jeito é tratar. Ou com medicamentos ou com cirurgia. De qualquer modo, esse tipo de crescimento da próstata é curável. E não leva à perda da potência sexual como muitos pensam e tremem só de pensar.
Não se pode parar o tempo e retardar o envelhecimento. Infelizmente. Já que não se pode ter uma próstata sempre jovem, a solução é aceitar a idade que chega e procurar tratamento para melhorar a qualidade de vida.
Depois dos 45 ou 50 anos todo homem deve procurar um médico urologista para fazer um acompanhamento da saúde de sua próstata.
Tenho o doloroso dever de comunicar que nós, homens, somos todos mortais. Também as mulheres. Mas não somos bobos. Vamos cuidar de nossa saúde para viver melhor.

Visite meu site www.momentosaude.com.br

Para que serve a próstata?

13/03/11

Muitas pessoas pensam que próstata é o nome de uma misteriosa e terrível doença masculina. Alguns têm os mesmos arrepios ao ouvirem pronunciada a palavra próstata que quando ouvem a palavra câncer. Ou AIDS. Na verdade, próstata é o nome de uma glândula, um órgão do corpo humano, e não o nome de uma doença.
A próstata é um órgão que só os homens têm, assim como só as mulheres têm útero.
Você sabe para que serve a próstata?
Para ajudar a produzir o esperma. Logo, ela serve para a reprodução, isto é, para gerar filhos. Não tem nada a ver com a potência sexual. A próstata produz o líquido seminal, juntamente com as vesículas seminais. Este líquido é responsável pela nutrição e sobrevivência dos espermatozóides.
Você tem idéia de onde fica a próstata?
Fica logo abaixo da bexiga, atrás do osso da bacia chamado púbis. É um órgão pequeno, do tamanho de uma bolinha de pingue-pongue no adulto jovem.
Todo homem tem ou deveria ter a preocupação de preservar a saúde de sua próstata. Como fazer isto?
Indo ao médico urologista todos os anos a partir dos 45 ou 50 anos de idade. Não há outra coisa a fazer. Dietas, bebidas, sexo de qualquer tipo e quantidade, doenças venéreas, remédios, promiscuidade… nada disso tem a ver com a saúde da próstata. Qualquer homem, não importam seus hábitos ou seu passado, tem que começar a se preocupar com sua próstata a partir dos 45 anos mais ou menos.
Por quê?
Porque como qualquer outro órgão do corpo humano, a próstata envelhece. Ao envelhecer ela cresce e começa a dificultar a saída da urina. Envelhecendo ela também pode desenvolver o câncer, que é o câncer mais freqüente do homem, assim como o câncer de mama é o mais frequente da mulher. Depois dos 45 anos mais ou menos todas as próstatas começam a apresentar alterações, que com o passar do tempo se acentuam, promovendo doenças em cerca de quatro em cada dez homens.
Procure informar-se e conhecer a sua próstata.
Lembre-se: As doenças da próstata têm cura. Até mesmo o câncer.

Visite a minha página www.momentosaude.com.br

Conheça sua próstata

01/02/11

Se você é homem e tem mais de 45 anos de idade, preste muita atenção a este assunto – próstata.

Todo homem tem um órgão pequeno, logo abaixo da bexiga, atrás do púbis, chamado próstata que, no adulto, tem mais ou menos o volume de uma bola de pingue-pongue, só que com outra forma, mais ou menos parecida com a de uma pera.

A próstata é um órgão da reprodução – sem ela dificilmente um homem pode gerar filhos. Ela produz uma parte do líquido seminal que, misturado com os espermatozóides, forma o esperma. Esta é a razão por que as doenças da próstata podem causar infertilidade.

A partir dos 40 ou 45 anos, a próstata começa a envelhecer e podem surgir várias doenças. A partir desta idade, as três doenças mais importantes são o crescimento benigno da próstata, a inflamação da próstata, ou prostatite, e o câncer.

O crescimento benigno e a inflamação fazem com que o homem urine mal, com jato fraco, às vezes molhando a roupa ou então levantando-se várias vezes à noite para urinar, podendo chegar até à retenção de urina, que é a chamada “urina presa”. Já o câncer de próstata pode espalhar-se por todo o corpo e levar à morte em alguns anos.

O câncer é uma das doenças que mais mata a partir dos 50 anos de idade. O câncer da próstata é o câncer mais freqüente do homem que tem mais de 50 anos. Não é o câncer que mais mata, mas é o mais freqüente.

Se você tem mais de 45 anos, faça o seguinte: procure um médico urologista e faça todo ano um exame de rotina. É muito simples: no consultório o urologista fará um exame local, o chamado toque retal, e depois vai pedir um ou dois exames de laboratório. Se for necessário, o médico vai receitar medicamentos para melhorar a micção. A cirurgia da próstata só é necessária na minoria dos pacientes.

Uma recomendação que pode salvar sua vida: Seja homem e tenha medo só das doenças da próstata. Não tenha medo de ir ao urologista anualmente!

Próstata

Próstata

Acesse meu site: www.momentosaude.com.br