Arquivo da categoria ‘Sangue’

Sangue, um ótimo remédio

29/07/13

Quando se fica doente, √© preciso procurar tratamento. O tratamento de uma doen√ßa pode ser feito de muitas maneiras diferentes. Por exemplo: Uma pessoa gripada pode ser tratada s√≥ com repouso, ou ent√£o com vitaminas, ou com rem√©dios antigripais, ou com ch√°s, ou com tudo junto. Modernamente, os tratamentos dependem em grande parte da ind√ļstria farmac√™utica, que produz soros, comprimidos, pomadas, inje√ß√Ķes, vacinas… a lista vai longe.
Um rem√©dio dos mais importantes e dos mais perigosos √© o sangue. S√£o muitas as situa√ß√Ķes cl√≠nicas em que o m√©dico indica para o doente uma transfus√£o de sangue. Geralmente em momentos de risco de vida. O sangue nessa hora pode salvar a vida. Mas tamb√©m pode matar, quando surgem rea√ß√Ķes al√©rgicas ou de incompatibilidade entre o que recebe o sangue e o que doou o sangue. Ainda h√° muito que evoluir neste ramo da medicina. Chegar√° logo o dia em que teremos um sangue inteiramente artificial, sem os riscos do sangue natural como usamos hoje. O sangue artificial poder√° ser fabricado em laborat√≥rios e usado como se usam os soros e as inje√ß√Ķes. Enquanto esse dia n√£o chega, temos que usar o sangue humano. A necessidade de sangue √© muito grande em todo o mundo e o n√ļmero de doadores √© muito pequeno.
Quem doa o seu sangue n√£o corre riscos de ter qualquer doen√ßa infecciosa como AIDS, hepatite, s√≠filis e outras. Doar √© seguro. √Č s√≥ quem recebe que corre estes e outros riscos.
Se voc√™ √© adulto e tem boa sa√ļde, procure um banco de sangue e doe um pouco do seu sangue para quem precisa. Voc√™ com certeza vai estar salvando uma vida cada vez que doar o seu sangue. Al√©m disso, voc√™ se beneficia muito cada vez que doa sangue porque o banco de sangue faz uma s√©rie de exames de laborat√≥rio de gra√ßa para voc√™ e verifica suas condi√ß√Ķes gerais de sa√ļde. Doar sangue √© bom neg√≥cio para voc√™.
Apelo para voc√™ que tem a felicidade de ter uma boa sa√ļde: Procure um banco de sangue e doe um pouquinho do seu sangue para salvar uma vida.

Visite meu site www.momentosaude.com.br

Sangue artificial

29/07/13

Faz de conta que existe a máquina do tempo. Voltemos ao tempo cem anos. O cenário? Uma guerra qualquer. Afinal, desde que o mundo é mundo existem guerras, maiores ou menores. Um soldado qualquer, que chamaremos de João, acaba de sofrer um ferimento na perna, que sangra muito. Depois de duas horas no campo de batalha ele é levado ao hospital de campanha; está muito branco e ofegante. Ele perdeu muito sangue naquelas duas horas de espera. O médico que o atende logo estanca o sangramento e faz um curativo compressivo, mas a perda de sangue foi muito grande e João, apesar de forte e jovem, como convém aos soldados, acaba morrendo algumas horas depois de anemia aguda.
Vejamos agora uma das guerras de nosso tempo. Na Bósnia, no Afeganistão, no Iraque ou na Palestina um soldado, também chamado João, sofre um ferimento parecido e perde a mesma quantidade de sangue que o João de cem anos atrás. Chegando ao hospital de campanha, ele recebe a atenção dos médicos e uma transfusão de dois litros de sangue humano, estocados na geladeira. Ele sobrevive.
Vamos agora ajustar a m√°quina do tempo para o futuro, digamos 2020. Outro soldado chamado Jo√£o √© ferido do mesmo jeito e perde sangue, muito sangue. Seus pr√≥prios companheiros de batalha, soldados como ele, pegam bolsas pl√°sticas em suas mochilas e transfundem um l√≠quido incolor no ferido e o levam ao hospital de campanha em condi√ß√Ķes muito melhores. O homem se salva e fica recuperado muito depressa. Eles usaram o sangue artificial, que n√£o d√° rea√ß√Ķes e pode ser aplicado por qualquer um, m√©dico ou n√£o. Em 2020 j√° n√£o se usa o sangue humano para transfus√Ķes como hoje.
Isto não é ficção. O sangue artificial já existe e está sendo aperfeiçoado. Nossos descendentes no futuro vão ficar horrorizados de saber que no passado o sangue humano era usado como remédio para salvar vidas.
Enquanto isso, dependemos do sangue humano e precisamos de doadores. Muitos Jo√Ķes dependem vitalmente da geladeira e do sangue que est√° nela. Doe sangue sem medo. Um Jo√£o qualquer pode ser salvo por voc√™.

Visite meu site www.momentosaude.com.br

Sangue √©…

22/10/11

Al√©m de ser vermelho, o sangue tem outras propriedades importantes: Ele leva oxig√™nio para todas as c√©lulas do corpo e recolhe o g√°s carb√īnico produzido por elas. O sangue tamb√©m leva as armas de defesa contra as infec√ß√Ķes e os tumores que tentam acabar com a sa√ļde ‚ÄĒ s√£o os anticorpos e os gl√≥bulos brancos.
O sangue é produzido dentro dos ossos compridos do corpo. Esta você provavelmente não sabia! Exatamente. Dentro dos ossos longos, como o fêmur, a tíbia e as costelas. O sangue é produzido sem parar a vida toda e vai sendo renovado. A cada três meses mais ou menos todo o sangue do corpo é trocado por sangue novo. Quando acontece um sangramento muito grande, ocorre a anemia aguda, que é a falta de sangue. Se a anemia não for muito grave, em menos de um mês os ossos produzem o que falta e tudo fica normal. No entanto, quando a anemia é grave, não dá para esperar nem um dia. Tem que ser feita uma transfusão de sangue, isto é, o sangue de outra pessoa é retirado, preparado e transfundido na veia de quem está com anemia.
Muitos pesquisadores est√£o lutando para desenvolver um sangue inteiramente artificial, fabricado em laborat√≥rio, para acabar com as dificuldades das transfus√Ķes de sangue humano. Sim, porque o sangue humano estocado nos bancos de sangue dura s√≥ algumas semanas e tem que ser jogado fora se n√£o for logo usado. Al√©m disso, o sangue humano pode transmitir doen√ßas como AIDS, hepatite e outras.
Enquanto a medicina n√£o d√° esse passo gigantesco produzindo sangue artificial, temos que depender do sistema atual e incentivar as doa√ß√Ķes volunt√°rias. No Brasil h√° poucos doadores e muitos doentes. √Č preciso educar o povo para doar sangue regularmente.
Se você entendeu tudo o que leu agora, então está consciente de que pode faltar sangue para alguém enquanto você está lendo este parágrafo. E esse alguém pode morrer. Doe sangue e traga seus amigos para doar também. Procure um banco de sangue.
Enquanto o sangue artificial não vem, doar sangue é um ato de cidadania e de compaixão.

Visite meu site www.momentosaude.com.br

Por que doar sangue?

09/10/11

Tenho certeza de que voc√™ j√° foi visitar um doente no hospital. Talvez amigo ou parente. Se voc√™ j√° esteve, mesmo que rapidamente, dentro de um hospital, como visitante ou como paciente, sabe que muitos necessitam de transfus√Ķes de sangue para poder sarar ou ter seus sofrimentos aliviados. A maioria dos hospitais pede doa√ß√Ķes aos visitantes, n√£o s√≥ para aquele visitado espec√≠fico, mas para todos os internados.
O sangue e seus subprodutos como os fatores de coagula√ß√£o, as plaquetas, o plasma e v√°rios outros s√£o usados largamente em medicina. Como a ci√™ncia ainda n√£o conseguiu produzir um sangue inteiramente artificial t√£o bom quanto o sangue humano, o que certamente far√° dentro de poucos anos, os doentes dependem da boa vontade de seus amigos e parentes para poder receber as transfus√Ķes necess√°rias. Sem o sangue dos doadores volunt√°rios, muitas vidas se perdem.
Você sabe o que acontece com você quando doa um pouco de sangue?
Em primeiro lugar, voc√™ n√£o corre qualquer risco. O pessoal do banco de sangue verifica primeiro se voc√™ tem peso e idade adequados e se est√° em condi√ß√Ķes para doar; se estiver, retira cerca de um copo dos grandes de seu sangue com todo o cuidado e com material descart√°vel. Como voc√™ tem mais de quatro litros de sangue no seu corpo, essa quantidade n√£o faz a menor falta.
Em segundo lugar, os seus ossos, que produzem sangue sem parar, em poucos dias produzem mais sangue e rep√Ķem o sangue doado. √Č por isso que algumas pessoas doam seu sangue regularmente e est√£o sempre perfeitamente bem de sa√ļde. Nunca desenvolvem anemia pelas doa√ß√Ķes.
Em terceiro lugar, o banco de sangue faz diversos exames laboratoriais no seu sangue e depois passa a voc√™ de gra√ßa os resultados. √Č uma forma de fazer check-up de vez em quando e de gra√ßa.
Doar sangue √© um ato de amor e de responsabilidade para com o semelhante. Se voc√™ tem boa sa√ļde e n√£o tem doen√ßas infecciosas como hepatite, AIDS, s√≠filis e doen√ßa de Chagas, procure um hospital ou um banco de sangue, doando um pouco do seu sangue.
Visite meu site www.momentosaude.com.br